Gastronomia | Viagens

Abram Alas Pro Peru!!!

16 de janeiro de 2018

Minha primeira visita foi uma surpresa, a segunda um encontro de amor.

Não imaginava que ia gostar tanto (e olha que já amava ceviche!).

Já curtia a comida peruana e fui ser madrinha de casamento.  Além de adorar os pontos altos de Lima (sei que tem muita pobreza também), a comida lá é um desbunde!

Sejam as ceviches, o pisco – ah o pisco! – os pratos típicos com arroz e carnes variadas, o coração de boi no espeto…. tudo é um espanto em termos de alquimia!

Para escrever o livro do Companheiros da Boa Lembrança, minha mãe visitou o Peru e eu fui atrás de conhecer as milhares de espécies de batata e milhos coloridos. Nunca se viu variedade maior. Do suco, puré, doces… se misturam com peixe, carne – com leveza ou sustância.

E a cultura Inca é riquíssima! Astrologia, arquitetura, harmonia com a natureza e cultura de plantações

O povo? simpático, alegre, colorido…. (mas em Lima, deve-se tomar cuidado por onde andar e como pegar taxi – não há controle maior).

E Cuzco?! Nossa! Cuzco é muito mais do que a vista e a energia contagiante quase mística. É uma explosão de sabores e cores! Visitamos fabricação de lã em uma vila onde as mulheres trabalhavam como cooperadas e faziam todas aquelas roupas coloridas a partir destas plantas naturais!!!

 

Dicas de Cuzco:

Cuidado ao chegar. A altura faz uma grande diferença. Não caminhe ou beba no primeiro dia. Tome chá de coca, coma leve e descanse.

Atrações:

Passeio pela Plaza de las Armas – visite as igrejas e ronde a cidade. Cada coisa mais fofa!

Vale Sagrado e Sítio Arqueológico de Ollantaytambo – impressionante!

Machu Pichu – sem dúvida

 

Restaurantes:

Chicha

Cicciolina  – famoso pelos drinks

Limo – bem na praça, fomos duas vezes de tão bom!

  

Dicas em Lima:

Passeie pela parte colonial e Plaza de las Armas, os bairros de Miraflores e San Isidro

Museo Larco Herrera – interessante coleção de cerâmica, têxteis e orfebrería, especialmente das culturas do norte do Peru.

Fontes de Aguas (vá a noite pois a iluminação é deslumbrante!)

Ainda: Passeie pela  Ruínas de Pachacamac – experiência de arqueologia e misticismo.

Restaurantes

Huaca Pucllana – restaurante a beira de ruínas. Jantar inesquecível em termos de vista

Pescados Capitales – engraçadinho e com um belo pisco

Cevicheria La Mar – ambiente cool, ceviches deliciosas e variadas. Meu preferido.

Em resumo? Gosta de um pouco de místicismo e sabores diferentes? De comer? Peru és esquisito: gente simpática y a comida sin igual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.